Cazuza.


"O Amor é o ridículo da vida, A gente procura mesmo uma pureza impossível, uma pureza que está sempre se pondo, indo embora.
A vida veio e me levou com ela.
Sorte é se abandonar e aceitar
essa vaga ideia de paraíso que nos persegue, bonita e breve Como borboletas que só vivem vinte e quatro horas.
Morrer não dói."


(Cazuza.)

Reações: 

0 Response to "Cazuza."

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t